O homem apontado como o autor do assassinato Beatriz de Jesus Loula, em Uibaí, cidade próxima à Irecê, no centro norte da Bahia, foi preso nesta quarta-feira (13), no município. A jovem foi morta no domingo (10), no dia em que completou 22 anos. Segundo familiares, a irmã da vítima, de 12 anos, presenciou o crime.

O suspeito de cometer o crime é o ex-namorado da jovem, que não aceitava o fim do relacionamento de seis meses. O homem invadiu a casa da vítima, arrombou a porta do quarto, onde ela estava escondida, e aplicou diversos golpes de arma branca.

Uma tia de Beatriz, que preferiu não ser identificada, contou que acordou na manhã de domingo com um estrondo muito alto. Vizinhos disseram que o barulho havia sido na casa da sobrinha, que fica próxima à dela. A tia e o marido foram correndo até a casa da vítima. Ao chegarem ao local, Beatriz de Jesus já estava morta.

“Quando o vizinho falou que era na casa da minha cunhada nós fomos para lá correndo. Quando a gente chegou, ele já tinha arrombado a porta do quarto e degolado ela. Ele cortou a garganta dela, quando chegamos lá já não tinha mais o que fazer”, conta a tia.

Ela e o marido chegaram a ver o ex-namorado da vítima saindo da casa de Beatriz com uma faca na mão. Ele teria fugido em uma moto logo em seguida. Segundo uma amiga da vítima, o suspeito mora em Canoão de Presidente Dutra, povoado próximo a Uibaí. Beatriz deixa um filho de 7 anos, de outro relacionamento. Ele estava na casa, dormindo, quando ocorreu o feminicídio.

Na noite de sábado (9), a jovem comemorou o aniversário com amigos. Beatriz tinha ainda outros motivos para comemorar, havia sido contratada para trabalhar em um restaurante recentemente. “A família está muito estarrecida. Todo mundo gostava dela, era uma menina jovem e bonita, que tinha começado em um novo trabalho agora e estava toda alegre”, lamenta a parente.

O suspeito, que não teve a identidade revelada, foi localizado por policiais da Delegacia Territorial (DT) de Uibaí. O feminicida teve a sua prisão preventiva concedida pelo Poder Judiciário, realizou o exame de lesões corporais e está na carceragem da DT de Irecê, à disposição da justiça.

FONTEcalilanoticias.com
Artigo anteriorAnvisa autoriza pesquisa nacional com células CAR-T para tratar câncer
Próximo artigoRecuperado, Marco Antônio volta a ser relacionado após um mês e meio de ausência

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui