O Senado Federal aprovou em primeiro turno a PEC dos Combustíveis, proposta que permite a ampliação de 400 para 600 reais o valor do Auxílio Brasil, programa de transferência de renda para famílias vulneráveis. Além do reajuste do auxílio, que deve ser pago em cinco parcelas até o fim deste ano, o projeto prevê um reajuste do vale-gás, com a garantia de um botijão a cada dois meses para 5 milhões de famílias, além de um auxílio de 1.000 reais para caminhoneiros autônomos. O placar da votação foi de 72 a 1, com voto contrário apenas de José Serra (PSDB).

FONTEterrabrasilnoticias.com
Artigo anteriorArtistas pombalenses serão destaque no Arraiá do Pombá
Próximo artigoGoogle vai distribuir 500 mil bolsas de estudos para cursos em tecnologia; veja como se candidatar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui