A Comissão Intergestores Bipartite, que reúne as secretarias da Saúde da Bahia, decidiu incluir na prioridade da vacinação contra o coronavírus gestantes e puérperas (mães de recém nascidos); pessoas com doenças crônicas e deficiência permanente.

A medida segue uma decisão divulgada na semana passada pelo Ministério da Saúde, em nota técnica. De acordo com a pasta, mesmo sem testes finalizados, vacinas que utilizam o vírus inativado, como a CoronaVac, são utilizadas de forma segura no público em outras campanhas.

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), a autorização passa a valer a partir deste domingo (2). A imunização destes grupos seguirá um cronograma escalonado, a partir das faixas etárias. Já a vacinação de gestantes e puérperas será iniciada com aquelas que têm comorbidades, desde que tenham mais de 18 anos, conforme a indicação clínica dos fabricantes dos imunizantes.

Em Salvador, pessoas com deficiência permanente com 55 anos ou mais, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) já estão sendo contempladas na ação com a primeira dose.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui