O Instituto Paul Ehrlich (PEI), reconhecido na produção de vacinas e medicamentos,  anunciou nesta quarta-feira (22) o primeiro estudo clínico na Alemanha para uma vacina contra a covid-19 em um grupo reduzido de voluntários saudáveis.

Segundo o comunicado do instituto, se trata de uma vacina RNA, elaborada pela empresa de biotecnologia BioNTech, e que contém informações genéticas para a construção da chamada proteína de espiga do CoV-2 em forma de ácido ribonucleico.

A primeira fase do estudo clínico testará respectivamente 200 voluntários, que não têm a doença, em idades entre 18 e 55 anos e com algumas variantes da vacina levemente modificada.

Depois de um período de espera para a observação dos vacinados, começará a a segunda fase do estudo clínico, que vacinará mais voluntários com as mesmas idades.

A segunda fase prevê a inclusão de voluntários com risco elevado de infecção e que podem desenvolver complicações em caso de contágio, para o qual, mais dados do estudo devem ser apresentados antes de iniciar a vacinação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui