Em entrevista coletiva à imprensa, a Receita Federal divulgou as novas regras do programa de Imposto de Renda de 2022 (IRPF 2022) nesta quinta-feira (24).

Com período de entrega fixado entre 7 de março e 29 de abril deste ano, não houve correção no imposto, que segue obrigatório para quem recebeu acima de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis em 2021, ano base da cobrança.

Diferente dos últimos anos em que a entrega do imposto teve prazo ampliado por conta da pandemia, a Receita voltou a estabelecer o período “comum” para apresentação da declaração, que é de março a abril, quando devem ser arrecadadas cerca de 34,1 milhões de declarações.

Como sempre, os cidadãos que entregarem antes a declaração terão mais chances de aparecer nos primeiros lotes de restituição, em maio e junho. A antecipação do pagamento também é recomendada para evitar problemas como a queda na malha fina.

Uma novidade do programa será a possibilidade de receber a restituição via PIX. O que, segundo o Governo, seria uma facilidade já que diminui a necessidade de reagendamento por conta de contas inválidas informadas no preenchimento da declaração ou em razão de troca de banco.

Veja a data de liberação de cada lote de restituição:

  • 31 de maio
  • 30 de junho
  • 29 de julho
  • 31 de agosto
  • 30 de setembro
FONTEcorreio24horas.com.br
Artigo anteriorMortes em Petrópolis já são 204; 51 pessoas continuam desaparecidas
Próximo artigoCâmara dos Deputados aprova PL que libera cassino, jogo do bicho e bingo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui