O contrato começa a valer em janeiro. Mas, mesmo após a venda, a emissora seguirá usando os transmissores. Foi assinado um acordo para que os nigerianos cuidem de toda a infraestrutura do parque tecnológico. Os novos donos, porém, poderão ceder a estrutura também para outros concorrentes.

Ou seja, a Globo continuará a usar as torres para emitir seu sinal digital de TV aberta, por exemplo, mas com gastos bem menores. A emissora não vai precisar mais desembolsar milhões em manutenção, como acontece hoje.

Junto com a venda das torres, a emissora também se desfez de 16 imóveis onde ficam parte das antenas. Esses foram arrematados pela empresa San Gimignano.

Segundo os documentos do processo no Cade, a Globo vendeu suas torres de transmissão por ver uma oportunidade de enterrar dois problemas de uma vez. O maior deles envolve custos de operação, atualmente a principal causa de atenção na Globo.

FONTEterrabrasilnoticias.com
Artigo anteriorGigante brasileiro quer contratar Marcelo para disputar a próxima edição da Libertadores
Próximo artigoApós sorteio vem aí a vistoria das 500 casas do Condomínio João Almeida, pelas famílias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui