Uma TV de Portugal noticiou o 1º de maio como “grande protesto” e, diferentemente da Argentina, mostrou a população em ato para apoiar o presidente Jair Bolsonaro e dar autonomia em suas decisões no combate à Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui